Isto era para ser um manifesto político, mas decidi dar-lhe mais Amor

293247628_640Manifesto pela ocupação amorosa dos corações vazios

De hoje em diante, fica estabelecido que todos os corações vazios, mal amados, partidos, abandonados ou apenas subutilizados serão pacífica e amorosamente invadidos, ocupados pelo Amor. Sem paus, nem pedras, mas com flores e música e declarações de mimo. O Amor tomará posse irrevogável de todo e qualquer coração devoluto. Todas as almas solitárias deste mundo! Preparem-se para ceder sem luta à chegada implacável do Amor operário, latifundiario, simples e corajoso ao fértil solo dos vossos corações. Ele vai chegar sem slogans, sem passeatas, sem discursos,  sem gritarias, nem mesmo enfrentando as autoridades. Vai surgir na hora mais silenciosa da noite, deitar-se a vosso lado e acordar com vocês pela aurora, como se ali, sempre, estivesse estado.

O amor vai chegar de mansinho, mas com o passo forte e indomável que varre a crosta dos rancores, a lixeira dos maus pensamentos, a gordura acumulada das atribulações diárias, da burrice, da inveja, da má educação. Virá com o viço da vida, desobstruindo os canais da memória entupidos de morte. Virá alegre como o cão que reencontra o dono depois dum dia inteiro sozinho em casa, à espera. E então as preocupações ordinárias e mesquinhas farão as malas e deixarão os corações livres para viver em absoluto estado de ocupação plena pelas intenções e acções dum amor generoso, diário e vital.

E quando as forças armadas dos corações doridos levantarem as defesas, o amor estenderá sua mão pequena, de unhas roídas e sem esmalte, todas as armas cairão em silêncio. Então esse coração abrirá as suas fronteiras à chegada irrefreável do encantamento amoroso, explosão de energia que nos leva ao encontro de quem somos, nos resgata da morte e nos devolve, sãos e salvos, à vida que é hoje, amanhã e depois um longo e eterno agora. Almas solitárias deste mundo, abri-vos!

4 thoughts on “Isto era para ser um manifesto político, mas decidi dar-lhe mais Amor

  1. Subscrevo! Quando entra em vigor? Tem efeitos retroactivos?

  2. Que texto primaveril!!!
    Vou já preencher umas quantas guias de remessa. :P

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s