Debaixo do mesmo céu

O estudioso chinês Li Zhizao e missionário português Fu Fanji (Francisco Furtado) traduziram duas obras ocidentais para chinês em 1628. Huan you quan (Sobre o céu e a terra), tradução comentada sobre De Coelo et Mundo de Aristóteles e Ming li tan (Investigações sobre os princípios de nomes), tradução parcial e livre da lógica aristotélica.

O primeiro livro foi originalmente uma parte dos oito volumes de Commentarii Collegii Conimbrincensis Societatis Iesu, in quator libros De Coelo… Aristotelis Stagiritae, elaborado e publicado em 1592 pelos jesuítas no Colégio de Coimbra. Furtado traduziu do latim para o chinês e Li Zhizao polia a prosa. Quando completou a tradução, Furtado tinha dominado o chinês tão bem que “gradualmente, ele pôde dizer o que queria dizer”, sem correcções. A colaboração de Furtado e Zhizao Li prosseguiu em Qian qing tang shu mu (A bibliografia de Qian qing tang), revisto no conteúdo e no estilo por Li Ningshi (Pedro Ribeiro), Dezhao Zeng (Alvaro Semedo), Fei Lede (Rodrigues de Figueredo) e Yang Manuo (Emmanuel Diaz).

A PÁTRIA HONRAI, QUE A PÁTRIA VOS CONTEMPLA” nas Portas do Cerco, lá está por uma boa razão.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s