A curva que fez toda a diferença

Mudanças há que depois de alcançadas tornam difícil imaginar como seria antes do ponto de viragem e com o passar do tempo nem sequer se imagina que alguma vez tivesse sido diferente.

Podia agora expraiar exemplos eloquentes, vou debruçar-me num e simples. Larry Stevenson, em 1969, dobrou a traseira duma prança de skate para melhor impulsionar o efeito de alavanca nas manobras mais acrobaticas, até aí um skate era uma tábua com 4 rodas de borracha. Mais tarde dobraria a parte da frente também.

Hoje em dia imaginar um skate sem aquelas dobras é como olhar para “the oldest advanced stone tools ever found“. Faleceu esta semana um homem que “mudou” o mundo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s