I’m going slightly mad

Este post é para a rapaziada que diz que há coisas que só acontecessem em Portugal. Nos Países Baixos alguém teve a ideia de transformar a cabine do condutor dos comboios em casa de banho, fazer as necessidades para um saco e quem sabe até atirá-lo pela janela. Os bebedolas serão obrigados a ter nos seus automóveis um balão como chave do carro e como querem cortar comboios para evitar o caos invernal, o pandemónio passará para as estradas. Há cada vez menos vacas nos campos e as que ficam marram nos agricultores. Os papa-batatas-fritas tem uma dieta pouco saudável, quem diria.

Para não pensarem que apenas aqui anda tudo marado, ficam aqui os 35 escândalos austríacos dos últimos anos. No Kansas levar-se na tromba dentro de casa é um luxo que não pode ser pago pelos contribuintes. Na Polónia a argumentação política é levada aos limites, aqui onde apresenta dois belos argumentos e aqui onde cospe todos os argumentos. Um futebolista colombiano foi detido na Arábia Saudita por andar de manga curta e mostrar uma tatuagem de Cristo e um pangolim místico amedronta populações em Moçambique.

A Christina Aguilera aparece na televisão e teme o recomeço da caça às baleias pelos japoneses. E por aqui me fico

2 thoughts on “I’m going slightly mad

  1. Só isso? Nós temos o Alberto João Jardim, que mete essas notícias todas num buraco. Abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s